[Computerworld] Empresa brasileira usa GPU para medir intenção de compra em lojas físicas


 Criado pela GeekSys, software que analisa o comportamento dos clientes usa tecnologia Jetson TK1 e processador gráfico em nuvem da NVIDIA

 

Terminais de consulta de preço e câmeras de segurança podem fazer muito mais do que simplesmente informar o preço dos produtos e auxiliar na segurança da loja. Com a tecnologia correta, eles podem identificar os pontos da loja de mais atração para o consumidor e dizer ao lojista onde posicionar um produto para vender mais.

Utilizando servidores Jetson TK1 e processamento gráfico em nuvem, ambos da NVIDIA, a GeekSys, empresa brasileira precursora do conceito Store Performance Management (SPM), está investindo no desenvolvimento de tecnologias de inteligência para lojas físicas com resultados positivos nas vendas de seus clientes.

Atualmente, o nosso sistema é capaz de capturar a intenção de compra dos consumidores, além de contar quantas pessoas passaram por determinado corredor e medir a popularidade das gôndolas via mapa de calor. Isso ajuda, por exemplo, aos administradores a decidirem se aquele produto está bem localizado ou se chamará mais a atenção em outro local de mais destaque. Além disso, é possível verificar quais zonas estão ‘abandonadas’ pelos clientes e como está a taxa de conversão de compra e nível de interesse por certos itens”, explica o CEO e fundador da GeekSys, Luiz Vitor Martinez Cardoso.

Olhar da tecnologia

Fundada em 2011, a GeekSys investe em tecnologias inovadoras como o AdboxSense, PriceCheck e o HeatMaper, ambos voltados para o mercado e varejo. O sistema SPM, segundo Cardoso, começou com um piloto em uma rede de livrarias e agora está expandindo seu uso para outras empresas.

O produto, explica o engenheiro, visa agregar ao comércio físico aa possibilidade de mapear o comportamento de compra e visitação de clientes nas lojas para além do uso de sistemas de ERP e CRM. "No varejo online é mais fácil saber se o consumidor entrou no site e comprou ou se voltou uma semana depois. Nas lojas físicas esse acompanhamento é mais complexo, mas criamos o SPM para conectar os sistemas de ERP e CRM com tecnologias de acompanhamento visual desse cliente", diz Cardoso. 

O sistema utiliza uma combinação do uso de tecnologias já existentes na loja - câmeras de segurança e terminais de consulta de preço de produto - com as placas da Nvidia Jetson TK1 e o processamento e análise das imagens em serviços de nuvem. "Uma placa dessas consegue processar imagens geradas por até 100 câmeras, com um preço muito baixo". diz Cardoso.

Dashboard

A ideia básica é posicionar produtos em determinados locais da loja e, a partir da combinação das imagens e dos inputs dos terminais de consulta de preço e do sistema do caixa, saber o que levou um cliente a escolher um determinado produto e entender o que impediu ou permitiu a venda. Esse conhecimento, explica Cardoso, dá ao lojista conhecimento para entender como distribuir os produtos na loja e como trabalhar as vitrines para estimular a venda.

 

Fonte oficial: link


Postado em 22/06/2015

Frases Inspiracionais


Simples é sempre melhor

Faça melhor, não faça barato

Você pode fazer qualquer coisa, mas você não pode fazer tudo

Nunca falhamos, apenas encontramos caminhos que não funcionam

Deixe nossos insights mudarem seu mindset

Faça as pessoas quererem trabalhar para a empresa

© 2013 GeekSys Serviços de Informátida LTDA Voltar ao topo